México

Apresentação

MISSÃO NO MÉXICO- 1998-2011


 

México, país latino-americano situado na América do Norte, apresenta-se como elo de ligação entre a América Anglo-Saxônica e a América Latina.

A civilização mexicana tem origem especialmente das tribos indígenas, astecas e maias. O termo México vem de meleca que é uma palavra nauathe que significa os astecas que fundaram a cidade, denominada Tenochtitlan, hoje cidade do México, capital do país e mais tarde toda nação recebeu a denominação México.

 Os componentes principais que configuram sua fisionomia podem ser citados: a população mais numerosa de língua espanhola; o seu estilo de vida diferente ao dos Estados Unidos e  o seu poder econômico perde em qualidade em relação àquele país. O nome oficial do México é Estados Unidos Mexicanos’. O México é rico em recursos minerais, possuindo várias indústrias siderúrgicas.

Em 1998, a então Superiora Provincial, Madre Alice no ensejo de ver expandido o amor e glória ao SCJ, com o afervorado zelo de seu coração missionário quis também ver as filhas da Serva de Deus Madre Clélia Merloni, neste País. O seu coração missionário pulsou forte e, com imensa alegria, anunciou o início do trabalho missionária, em terras mexicanas. Aconteceu o ‘envio’ e a decolagem das pioneiras, na nova missão: Ir. Maria Aparecida Quintanilha, Ir. Beatriz Pereira e Ir. Patrícia de Cássia Oscar.

As Comunidades acompanhavam-nas com orações e uma das Irmãs manifestou-se com os seguintes termos“Ide por todo mundo, proclamai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16,15). Ainda aquecendo-se com o incentivo da Madre Fundadora: “Vede, filhas, onde o fogo do divino amor, ele não pode permanecer oculto nem inativo, mas rapidamente se manifesta com a chama viva de um santo zelo.”

  No dia 15 de abril de 1998. Pousando, dirigiram-se em seguida para Milpa Alta. A emoção tomou conta de todos, pois o Instituto estava se expandindo, ganhando espaço geográfico e o Coração de Jesus também conquistava o coração das pessoas. Eis que o IASCJ estava se expandindo, ganhando espaço geográfico e o Coração de Jesus também conquistava o coração das pessoa

O apostolado que exercem nossas irmãs é bastante intenso! Realizam a missão, na Paroquia ‘Assunção de Maria’, sempre no intuito de tornar o através de tudo que realizarmos fazer o  o Coração de Jesus amado e servido, por todos. A contínua missão é colaborar com os sacerdotes e os leigos, no processo de evangelização paroquial, sempre em sintonia com as propostas pastorais da Arquidiocese.

 Sempre têm em mente o desejo de serem presença  e testemunho da alegria de consagradas, no meio da comunidade. Atualmente colaboram com as comunidade de Evangelizaçãoque são  pequenas comunidades que se reúnem para rezar, estudar a Bíblia, documentos da Igreja, como também realizam algum serviço dentro da comunidade. Estas pequenas comunidades seguem um método chamado SINE (Sistema Integral da Nova Evangelização) e um dos seus objetivos é formar leigos, para que assumam seu papel, dentro da Igrejasendo discípulos e missionários de Jesus.

 Há uma grande preocupação com a juventude e as Apóstolas também contribuem na ASSESSORIA A PASTORAL JUVENIL REGIONAL:

A Pastoral Juvenil de umas das regiões da Diocese é bastante intensa. Ali acompanhamento aos grupos de jovens de 7 paróquias. Uma experiência muito enriquecedora por certo, já que cada realidade sempre apresenta algo diferente e novo contribuindo assim no crescimento de todos. Em todas as áreas da evangelização estão presentes as generosas missionárias!  

FORMAÇÃO DOS RESPONSÁVEIS DAS CAPELAS-aqui são 10 bairros, em cada um temos uma ou até duas capelas em alguns casos. Para cada capela uma equipe de responsáveis formada por casais, chegando a ser até 20 casais. A missão deles é cuidar da limpeza, abrir quando tem Missa, apoiar ao sacerdote nas celebrações, seja como leitores como também fazendo o serviço de acólito. Também são os que organizam a festa do padroeiro de suas capelas e outros serviços que são próprios de suas tradições religiosas.

Em novembro de 2010, formou-se uma equipe de leigos que chamados assessores, cuja função é ajudar  na formação litúrgica dos responsáveis de capela, uma vez que muitos deles não têm o conhecimento necessário para realizar sua missão, então entram as Apóstolas que apóiam com material formativo, bem como se preocupam com a formação destes líderes.

Para coroar a missão, há o SERVIÇO DE ANIMAÇÃO VOCACIONAL, iniciado no mês de maio, do corrente ano. Existem os encontros vocacionais, com aquelas jovens que demonstram interesse de conhecer um pouco mais a vida religiosa. Houve participação de 6 jovens que iniciaram um processo de discernimento vocacional. Que o Coração de Jesus nos ajude a ser bons testemunhas e instrumentos do Seu amor, entre todos aqueles que cruzam os nossos

Notícias relacionadas

Sem notícias relacionadas.