São Paulo, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

XVII Congresso Brasileiro do Terceiro Setor

Imagem da Notícia

No dia 29 de junho participamos do XVII Congresso Brasileiro do Terceiro Setor, onde foram abordados vários assuntos, entre eles a maneira como o Governo esta monitorando cada entidade, as necessidades de transparência e retidão em todos os passos, a importância da Formação Continuada para adquirir conhecimentos e minimizar os desafios de enquadramento diante das novas obrigações. Foram convidadas várias Entidades do 3º Setor onde abordaram diversos temas e entre eles como a Lava-Jato desencadeou uma fiscalização mais rígida em todos os setores incluindo o nosso.

Um dos palestrantes Luis Fernando Nóbrega, utilizou em um dos seus slides de apresentação a seguinte frase: “Não basta que a mulher de César seja honrada, é preciso que ela sequer seja suspeita. ” (Julio César).

E finalizou dizendo que esta frase nos serviria de exemplo para nos deixar muito claro o que ele havia falado em todas aquelas explicações, ou seja, que no cenário atual não adianta apenas termos uma  conduta de retidão, trabalharmos exatamente de acordo com todas as obrigações, fazermos um trabalho correto, não devemos nem suspeitas levantar, por isto a importância de estarmos todos alinhados com os conhecimentos dos assuntos e das mudanças que ocorrem.

Nesta oportunidade vemos quão importante é resguardarmos a nossa Identidade Institucional, tendo zelo em cuidar da nossa Instituição e da nossa Missão sempre com a nossa dedicação, amor e responsabilidade.

Participaram deste Congresso: Irmã Adelir Weber, Gislaine Matias Feitosa e Rosana Portella

 

Foto: Irmã Adelir Weber, Gislaine Matias Feitosa e Rosana Portella e Luis Fernando Nóbrega - Vice-Presidente de Fiscalização Ética e Disciplina do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e coordenador no CFC da Comissão junto ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF)

(Gislaine Matias Feitosa)